Vamos a la playa?

Não consigo encontrar adjetivos para descrever o meu fim de semana (duas semanas atrás). Então eu apenas vou contá-lo e vocês podem usar os adjetivos apropriados nos comentários.

Após passar por extremas temperaturas (próximas dos 40º) durante duas semanas, no sábado (31/07) de manhã às 7:31 (sim o horário do trem era 7:31 não 07:30.), partimos para Beidaihe, uma praia à 284 km de Beijing.

Chegando em Beidaihe você já nota logo na frente da estação de trem uma arquitetura diferente da chinesa e o ar menos poluído que o de Beijing. Pegamos um táxi até a praia em si e uma coisa me impressionou. A maioria das placas e faixadas de estabelecimentos comerciais possuiam escritas em chines e em russo. Depois de um tempo notei que Beidaihe é um pedaço da Rússia na China. Eu praticamente fui pra Rússia sem precisar sair da China.

Rússia ou China?

praia?

vida difícil

As construções na cidade são muito bonitas com um estilo diferente de tudo que eu já vi. Mistura arquitetura europeia, com as luzes brilhantes do oriente. O mar não é muito limpo (porém melhor que o do RS) e parece mais um lago de tão calmo. A cidade é cheia de restaurantes de frutos do mar (até ai óbvio, estamos na praia), porém o mais impressionante é que os restaurantes de frutos do mar possuem aquários na entrada com polvos, carangueijos, ostras, camarões, peixes, etc, e tu escolhe aquilo que quer comer enquanto o fruto do mar ainda está vivo. Tinha também um  bicho muito estranho que parecia lombriga. Ninguém teve coragem de provar, mas tiramos fotos.

escolhendo o almoço

Alguem encara?

No sábado de noite estavamos em busca de uma balada para ir, mas sem muito sucesso na busca. Porém, quando estávamos quase prestes a desistir (aos 45 do segundo tempo) encontramos duas russas na rua que,  após aproximadamente 40 minutos caminhando e após passar na frente da fake torre eiffel, nos levaram ao dito lugar. Acho que essa parte é o clímax da viagem. Vou até mudar de parágrafo.

Imaginem vocês na China, entrarem num lugar e encontrar 95% das pessoas russas. Até o menu era em russo, e detalhe, não tinha em chines nem em inglês. Era difícil conversar com as pessoas porque a maioria não sabia falar inglês ou falava só o básico. Conseguimos pedir uma garrafa de vodka russa que para preço de festa era muito barata (120 yuan = 31 reais). Com certeza a melhor vodka que já tomei na minha vida.

Minhas duas amigas russas

Drogas, mano!

No outro dia fomos novamente à praia e dessa vez compramos uma bola para jogar volei e futebol. No Brasil eu sou um perna de pau, mas aqui eu sou o pelé praticamente ihaeihaehehiaei. Antes de voltar para beijing ainda tivemos mais uma ótima atração. Visitamos a muralha da China no ponto onde ela encontra o oceano, logo, o fim ou início da muralha (depende do observador). Eu até joguei futebol na muralha da China, mas tava sem saco de filmar. Pra finalizar conseguimos pegar uma mesinha no trem e jogamos Uno durante o caminho de volta.

Fim (ou início) da muralha

Desculpe o longo post, mas esse fim de semana foi o melhor que tive desde que cheguei em Beijing. Foi bonito, turístico, divertido, engraçado, maluco, diferente… Acho que depois de escrever tudo eu consegui achar algumas palavras pra descrever.

Bom eras isso.
=*

Anúncios

Sobre manualdocorpo

About:blank
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Vamos a la playa?

  1. Vine disse:

    ah, as lombrigas pareciam suculentas pelo menos.

  2. Carol Tissot disse:

    concordo, Vine 😛

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s